2011/09/23

Chegamos a Ecuador

IMG 0413
Finalmente, depois de muita luta com a documentação, podemos dizer que - Chegamos em Ecuador!
Porém não foi sem percalços a nossa viagem. A nossa viagem de Argentina a Quito nos levava via Santiago do Chile e Guayaquil no Ecuador. Fizemos o check-in todo bem em Argentina e supostamente as nossas bagagens chegariam directamente - o que é um aspecto muito importante especialmente se pensamos na quantidade de malas que levávamos (6 no total + os carry-ons).
A viagem correu dentro da normalidade até que chegamos à cidade de Guayaquil, uma das cidades importantes da costa do Ecuador. O piloto começou por dizer que havia mau tempo em Quito e por isso tínhamos de esperar um pouco até que levantasse o tempo. Entretanto passou uma aeromoça que foi tomando a contagem das famílias. Uma hora depois do início da espera, chega finalmente o aviso - o aeroporto de Quito está fechado devido ao mau tempo!
Todos tínhamos que sair do avião, fazer emigração em Guayaquil, tiraram as nossas bagagens sim todas 6 malas, e já era 1 da manhã quando conseguimos sair do aeroporto.
A companhia aérea encarregou-se de tudo, mas a parte do transporte estava terrivelmente organizada, o que nos fez andar com as 6 malas e os carry-ons de um lado para outro até saber a qual autocarro teríamos de subir.
Quando finalmente chegamos ao hotel, muito bom por sinal, ainda conseguimos comer um pouco para jantar, só que às 2 das manhã a vontade de jantar no era muita. Mas ainda deu para fazer o gosto ao dente e comer um bom ceviche de camarão à moda do Ecuador.
No autocarro o funcionário da companhia aérea disse-nos que poderíamos estar descasados e dormir até às 10:00am sem problemas, já que somente a essa hora começariam a re-encaminhar os passageiros. Nos disse que desfrutássemos do hotel… Como se diz no bom Português, mais valia que tivesse ficado calado! Às 7:00am recebemos uma chamada no quarto que nos desperta da cama dizendo que tínhamos que sair já para o aeroporto. Foi aquela correria que se pode imaginar e com os 6 malões e carry-ons de novo. Para piorar desta vez nem autocarro houve - foi mais ao estilo do "cada um que se desenrasque!"
Lá conseguimos chegar ao aeroporto, fazer o check-in, e ao meio-dia do dia seguinte estávamos finalmente chegando a Quito. Onde fomos muito bem recebidos pelo nosso novo supervisor directo, o Director de Área e sua esposa.
Chegamos na nova casa para descansar deveriam ser umas 3 da tarde, depois de ter almoçado com os nossos novos colegas missionários ministrando no Ecuador.
Não foi sem desafios a nossa mudança, mas nos sentimos muito abençoados e com grande expectativa para o que Senhor fará em nós e através de nós nos novos ministérios que estaremos assumindo.

2011/09/21

Uma tão esperada mudança… mas repentinamente

Argentina-Ecuador.jpeg

Se costuma dizer que a vida dá muitas voltas. Nada mais certo! Experimentamos isso mesmo a semana passada.

Depois de quase um mês de atraso no processo da nossa mudança para o Ecuador, o que a propósito nos deixava bastante ansiosos, finalmente na semana passada na segunda feira fomos ao consulado do Ecuador em Buenos Aires para apresentar toda a documentação para o nosso visto. Desta vez toda a documentação pedida estava em ordem, mas nos disseram que tínhamos que esperar para ver em que data teríamos o visto. Disseram que nos chamariam.

Como surpresa muito agradável, na terça-feira recebemos a chamada do consulado dizendo que os nossos vistos estariam prontos na quinta-feira.

A partir desta notícia instalou-se o reboliço lá em casa: despedidas, tempo com amigos, correr atrás dos últimos documentos (sim fiz três viagens a capital nessa semana pelo menos), vender as últimas coisas, fechar as malas, tirar lixo e mais lixo para esvaziar a casa, comprar os bilhetes para sábado (sim, eu sei, parece de loucos sair em tão curto espaço de tempo, mas é verdade - não queríamos que os miúdos perdessem uma semana mais de aulas).

Mas não saímos sem comer um rico Asado Argentino feito por nosso amigo Ever, e finalmente provando os famosos "chicholines". Foi um fecho com chave de ouro da nossa última noite na Argentina. E como se diz em Argentina… "un aplauso para el Asador".

Sim, fazia muito tempo que esperávamos o dia para o mudança, e de repente, no espaço de 4 dias, desde que soubemos da emissão do visto, deixamos a Argentina.

Não ficou, porém, tudo resolvido. Queremos pedir as vossas orações pela venda de algumas coisas, entre as quais o nosso carro, já que não podemos comprar nosso veículo no Ecuador até que se venda o nosso carro na Argentina.

2011/09/06

Já se vão as nossas coisas….

IMG 0413Quarta-feira passada o dia começou cedo. Foi o grande dia para embalar as nossas coisas. A companhia de mudança chegou bem cedinho, e depois de mostrar tudo o que era para embalar, de imediato se lançaram ao trabalho.

Foi um dia para correr, de um lado para o outro, buscando as coisas que deveriam ir, separando as coisas que deveriam ficar, e tratando de manter o processo minimamente organizado.

Na verdade, a equipe que veio nos surpreendeu. Começaram às 9 da manhã e antes das 4 da tarde já estavam saindo rumou ao depósito para onde foram deslocadas as nossas coisas. Empacotaram 8 metros cúbicos em mais ou menos 5 horas, já que paramos 1 hora para almoçar.

Agora já só temos pendente o assunto da documentação do visto. Sem isto não podemos viajar nem podemos fazer os trâmites de mudança com a alfândega. Temos 30 dias de armazenagem oferecidos pela companhia, mas obviamente preferiríamos que estes dias fossem usados para a viagem até Guayaquil (porto de entrada em Ecuador).

Pedimos as vossas orações por este processo. O documento que nos estava faltando ainda não ficou pronto, como esperávamos na sexta-feira passada. Nos deram o prazo de uma semana mais para entrega do documento, mas é uma dilatação de prazos muito incerta.

Estamos explorando algumas outras opções para ver se será possível conseguir o documento mais cedo ou acelerar o processo de emissão do visto no passaporte. Por favor orem, para que encontremos a melhor solução. Realmente estamos necessitando viajar para Quito devido à escola dos nossos filhos que já começou o ano lectivo no fim do mês passado.

Estamos confiados na promessa de Deus:

"Porquanto não saireis apressadamente, nem vos ireis fugindo; porque o Senhor irá adiante de vós, e o Deus de Israel será a vossa retaguarda" (Isa. 52:12, Revista e Atualizada)

Ao mesmo tempo cremos que o nosso Deus, é o dono do tempo, do espaço e está sobre toda a autoridade e poder deste mundo. Confiamos que no tempo oportuno d'Ele, Ele estará movimentando as coisas para que saiamos em paz e tranquilidade, deixando todas as coisas da presente designação ministerial resolvidas, e preparando-nos para tomar as novas responsabilidades.

Obrigado por podermos contar com a vossa intercessão!