2005/11/09

Visitando terras lusitanas

Hoje precisamos de ir tratar de um documento na Embaixada de Portugal (terras lusitanas na Argentina - clara). Chegamos lá sem problemas de maior, graças ao bom mapa que temos da região. E chegamos já com alguma ansiedade por ouvir a famosa língua de camões. Qual não foi o nosso espanto logo ao sermos atendidos pelo segurança, ouvimos, não o tão desejado Português, mas o castelhês. Nós os Portugueses em terras hispânicas, lá vamos arranhando o Portunhol. Mas, nesta embaixada, ou que ouvimos foi um Castelhano arranhando o Português - daí o castelhês.

Mas, mais nos surpreendeu, o facto de que até os próprios funcionários não falavam a pura língua de camões, mas mais um castelheseiro.... ou seja, uma mistura de castelhano com Português, com sotaque do Brasil. Onde é que afinal estão os Portugueses nesta nossa querida embaixada??? Ficámos por descobrir... talvez da próxima vez tenhamos mais sorte...!

Mas tratamos de tudo o que precisávamos, excepto da inscrição da Nicole, visto que ela estava na escola, e ela precisava "assinar" os seus papeis. Claro está, isto foi algo que deixou a liliana "passada dos carretos", pois ninguém nos tinha dito que era necessário ela estar presente, e afinal, ela só tem 9 anos. Bem... lá tentei pôr alguns "paninhos quentes", mas não sei se resultou...

O resultado final, no entanto, será que teremos de fazer mais uma visita a este famoso lugar para todos que são de origens Lusitanas como nós!