2005/08/28

O nosso primeiro domingo

Esta foi realmente uma experiência como nunca vimos antes. Neste dia era comemorado o dia da criança. Qual não foi o nosso espanto, que quando chegamos todos "bem vestidos" como normal para a escola dominical. Nesse dia toda a gente estava com roupas informais, e pronta para um dia de jogos e brincadeiras.

Maior foi o espanto quando autocarro, após autocarro, o grupo se foi alargando, chegando até às 600 crianças. Sendo uma boa parte delas crianças que estavam pela primeira vez em contacto com a Igreja.

No final dos jogos e brincadeiras, houve tempo para apresentar o plano de salvação, e para orar com algumas crianças para que recebessem a Cristo como seu Salvador.

Aqui estão algumas fotos:







Até a Nicole participou...



2005/08/25

O lugar que chamaremos de "lar"

Depois de várias horas de viagem, chegamos, finalmente, ao lugar a que passaremos a chamar de "lar" nos próximos tempos.

Aqui estão algumas fotos para verem:






Aqui está a entrada.









Este é o prédio dos Escritórios








Casas onde vivem os nossos colegas.









E, Finalmente!....

A nossa amada casa a que chamaremos de lar, na melhor das hipóteses pelos próximos 5 anos. Nesta casa resideremos temporariamente, visto que a nossa casa permanente será construída noutra propriedade junto com as de outros missionários e onde será também a Escola Primária Nazarena.

Como podem adivinhar pelo estilo, o seu nome é "Alpina" - dando-nos assim um gostinho de Europa em terras Argentinas.

Primeira prova de burocracia

Mal tínhamos acabado de chegar, e viemos a ter a primeira prova da burocracia da Argentina. Como não conseguimos trazer tudo o que precisavamos trazer na nossa bagagem, enviámos um caixote via carga aérea.

Pois é.... o resultado foi passar uma manhã inteira nos trâmites de alfândega e no terminal de carga.

Depois de visitar 3 gabinetes (por sinal colados lado a lado), um mínimo de duas vezes em diferentes partes do processo. Finalmente, pudemos sair com o caixote da alfândega. Claro, pagando, pelo manuseamento da carga (creio que isto é comum em todo lado e não só daqui).